Lucero Brasil

Trajetoria

Trajetória

Lucero Hogaza León nasceu no dia 29 de agosto de 1969 na Cidade do México, estreou na televisão no dia 17 de fevereiro de 1980. É cantora, atriz e apresentadora. 27 milhões de discos vendidos, 10 novelas protagonizadas, 26 CD's lançados, 7 filmes, 2 obras de teatro, 7 milhões de seguidores no Twitter, 1 prêmio Billboard, 1 prêmio Lo Nuestro, 1 prêmio Emmy, 8 prêmios Heraldo, 20 prêmios TVyNovelas e 37 anos de carreira. Apenas cinco de suas novelas e um de seus discos foram lançados no Brasil, o suficiente para que a artista conquistasse a admiração e o carinho de muitos brasileiros e fosse convidada para co-estrelar a novela Carinha de Anjo, produção do SBT destinada ao público infantil e atual sucesso do horário nobre da emissora.

Década de 1980
Chispita e Fiebre de Amor: o sucesso juvenil

 

O ano de 1980 marca o início da carreira de uma carimástica menina chamada Lucerito, nascida dia 29 de agosto de 1969 na Cidade do México. Lucerito desde cedo dizia querer ser uma artista. Aos 10 anos participa de um teste para uma das produções infantis da Televisa e é escolhida para o programa Alegrías de Mediodía, dividindo o palco com talentosas estrelas infantis e juvenis da televisão da época.

Lucerito combina seu trabalho com os estudos, e se prepara fazendo aulas de canto e dança, melhorando seu desempenho nos palcos. Nesta mesma época apresenta também o programa Juguemos a Cantar e participa da telesérie infantil Chiquilladas.

Em 1982 protagoniza Chispita, sua primeira telenovela. Produzida por Valentín Pimstein, Lucerito contracena com grandes atores como Enrique Elizalde e Angélica Aragón. O sucesso da trama foi tão grande que até hoje Lucero é lembrada em muitos países como a pequena Isabel, sua personagem. No Brasil, onde a novela foi exibida 7 vezes, um recorde igualado apenas recentemente por A Usurpadora, é lançada uma boneca de Lucerito, fazendo da artista a primeira a ter uma boneca própria na América Latina. No México o sucesso não foi menor e a atriz mirim conquista os prêmios TVyNovelas e Azteca de Oro como melhor atriz revelação, importantes reconhecimentos da televisão na época.

Neste mesmo ano, o consagrado apresentador Raúl Velasco convida Lucerito para apresentar e interpretar o tema musical do concurso América Ésta Es Tu Canción. Sua carreira musical começa ainda em 1982 quando grava o disco Te Prometo. Em sequência, Con Tan Pocos AñosFuego y Ternura e Un Pedacito de Mi tornam-se grandes sucessos e fazem da menina uma estrela juvenil. 

Em 1983, dada a popularidade de Lucerito entre o público infanto juvenil, Daniel Galindo a convida para realizar seu primeiro filme, Coqueta, dividindo créditos com Pedrito Fernández. Ao longo da década de 1980, a estrela participa de mais cinco filmes destinados ao público adolescente, geralmente comédias românticas musicais de baixo orçamento, produzidas pela Televisa e praticamente para exibição apenas na televisão. Esse tipo de produção alcançou grande popularidade e tinha o intuito de, justamente, reunir as estrelas juvenis mais conhecidas da época. Lucerito protagoniza, então, filmes com atores e cantores como  Luis Miguel e Guillermo Capetillo. É, inclusive, durante as gravações de um desses trabalhos, Escápate Conmigo em 1987, que Lucero conhece Manuel Mijares, com quem se casaria dez anos mais tarde. Fiebre de Amor de 1985, é provavelmente o mais popular destes filmes, teve sua trilha sonora lançada em LP e foi premiado com um trofeú Diosa de Plata naquele ano, reconhecimento entregue pelo PECIME (Periodistas Cinematográficos de México).

Em 1986 assina com a gravadora Melody para lançar seu quinto álbum de estúdio entitulado LuceritoMillones mejor que tú e Vete con ella fazem parte do disco, sendo a última um dos mais populares sucessos da cantora na música, incluída até os dias de hoje no repertório de seus shows.

O final da década traz grandes mudanças para Lucerito. Sua voz já não era a de uma menina e o álbum Cuéntame, lançado em 1989, marca bastante esta mudança. Com a voz mais grave e letras e melodias mais maduras, a produção é assinada por José Ramón Florez e Gian Pietro Fellisatti, profissionais que trabalharam com os principais cantores latinos da década, entre eles Mijares, Daniela Romo, Alejandra Guzmán, Paulina Rubio e Miguel Bosé. O álbum intercala canções de ritmos latinos com elementos característicos do POP da década de 1980, de letra fácil e pegajosa - como o hit Cuentáme, Caso perdido e Me gusta tu dinero - à baladas românticas de letras mais profundas e extremamente melancólicas - como Tanto, Corazón a la deriva, Lento e Nada duele más que tu ausência. O single Cuentáme foi incluído pelo canal de música VH1 na lista das 100 músicas mais importantes do mercado latino na década de 1980, sendo até hoje umas das mais marcantes da carreira de Lucero.

Década de 1990
Llorar, Veleta e Laços de Amor: a consolidação



A década de 90 continua a trazer importantes mudanças para Lucero. Con mi sentimiento de 1990 é seu primeiro trabalho de música regional mexicana, o tradicional ritmo ranchero. É também a primeira vez que a artista usa seu nome sem o dimunitivo, Lucerito, transformando-se definitivamente em Lucero. Produzido pelo veterano compositor mexicano Rubén Fuentes, quem produziria grande parte dos álbums rancheros de Lucero, o álbum tem temas compostos por Marco Antonio Solis, como Mi fantasía, Te esperaré e Tu cárcel. A partir deste disco, Lucero passa a alternar suas produções musicais entre POP, balada romântica e gêneros regionais mexicanos, tornando-se uma das poucos mulheres mexicanas a defender a música ranchera até os dias de hoje.

Seu retorno às novelas acontece no mesmo ano em Cuando Llega el Amor, produção de Carla Estrada para a Televisa. Lucero interpretou Isabel, uma jovem apaixonada por equitação que sofre um acidente provocado por sua maldosa prima Alejandra durante uma competição. Enquanto se recupera imobolizada em seu quarto, Isabel passa a observar através da janela, um rapaz que vive na casa em frente, por quem acaba se apaixonando. A novela obtém bons resultados para o horário das 20 horas e traz o prêmio TVyNovelas de Melhor Atriz Juvenil para Lucero em 1991.

Em seguida, Solo pienso en ti torna-se seu novo LP de trabalho. Com singles como Ya No, Electricidad e Amor Secreto Lucero se consolida como estrela juvenil com este álbum de músicas pop românticas que tornam-se conhecidas em toda a América Latina. Em 1992, enquanto promociona o disco no Chile, Lucero é premiada no Festival de Viña del Mar com a medalha Gaviota e interpreta seus recentes sucessos. Nas listas de popularidade norte-americanas da Billboard o álbum alcança a sétima colocação e se mantém 17 semanas entre os Latin Pop Albums mais vendidos, assim como os singles Electricidad (16 semanas na categoria Hot Latin Songs da Billboard em 1991, alcançando a quinta colocação) e Ya No (17 semanas na categoria Hot Latin Songs da Billboard em 1991, alcançando a sétima colocação).

Em 1993 apresenta o álbum Lucero, um trabalho de baladas românticas e mais maduro produzido pelo renomado compositor espanhol Rafael Pérez Botija. Com Veleta alcança imediatamente os primeiros lugares, fazendo desta canção um de seus grandes clássicos e tendo seu melhor desempenho da categoria Latin Pop Songs da Billboard. Sobreviviré, El número uno e Cerca de Ti são outros dos sucessos desta época.

Neste mesmo ano protagoniza sua terceira novela, Los parientes pobres, novamente uma produção de Carla Estrada, na qual interpreta a protagonista Margarita Santos. Trata-se da história de uma jovem que vive com a família em uma cidade no interior do México e que está enfrentando sérias dificuldades financeiras. Com a morte do pai e as constantes humilhações provocadas pela família Zavala, moradores influentes do povoado, Margarita e sua mãe Maria Inês decidem aceitar a oferta de irem viver na cidade com Evaristo Olmos, primo de Ramiro e antigo amor de Inês, na esperança de refazerem suas vidas com o mínimo de dignidade que lhes resta. Porém, antigos ressentimentos e novas complicações farão com que Margarita e sua família tenham ainda que enfrentar muitas humilhações até recuperarem a felicidade. Na edição dos prêmios TVyNovelas do ano seguinte, mais uma vez, Lucero recebe um reconhecimento por sua atuação em Los parientes pobres, desta vez na categoria de Atriz Principal, a mais aguardada do evento.

Seus seguintes trabalhos na música fazem, provavelmente, desta primeira metade da década de 1990 sua melhor etapa musical. Em 1994 lança dois discos ¡Cariño de mis Cariños! e Siempre contigo, o primeiro ranchero e o segundo de baladas românticas, sendo ambos a consagração de Lucero como uma cantora, madura, versátil e talentosa.

¡Cariño de mis Cariños! alcançou a segunda posição na categoria Regional Mexican Albums da Billboard e permaneceu 26 semanas em Top Latin Albums. Novamente produzido por Rubén Fuentes, as músicas Y Volveré, Te acordarás de mi e Olvidarte nunca trazem todo o romanticismo e a dramaticidade do gênero em excelentes interpretações de Lucero. Já Siempre contigo conta com uma produção primorosa. Trata-se de mais uma das grandes parcerias com o compositor Rafael Pérez-Botija, gravado com a Orquestra Filarmônica da República Tcheca em Praga e em diferentes estúdios nas cidades de Miami, Los Angeles e Madrid. Siempre Contigo, uma das faixas, é hoje um verdadeiro hino romântico e símbolo do carinho dos fãs para com a cantora. Te extraño tanto, Palabras e Quien soy yo são algumas das outras canções do disco e, sem dúvidas, umas das mais belas já gravadas por Lucero.

Ainda em 1994 participa mais uma vez do Festival de Viña del Mar, interpretando seus grandes sucessos pop e rancheros, e inclusive uma canção com o reconhecido tenor Plácido Domingo. Naquela época, Lucero faz uma série de grandes shows pelo México, muitos deles no Auditório Nacional na Cidade do México, teatro onde comemora seus 15 anos de trajetória em 1995. Sendo, nesta ocasião, aplaudida por mais de 10 mil pessoas durante vários minutos, o que a fez chorar de emoção. Neste show, Lucero demonstra toda sua versatilidade interpretando diferentes gêneros, acompanhada por oito músicos, uma orquestra de cordas, cinco vocais de apoio e dançarinos.

Com o sucesso na música, Lucero dificilmente imaginaria o que a esperava nas novelas. Sua seguinte produção para televisão é, sem dúvidas, sua novela mais aclamada até os dias e hoje e um dos grandes clássicos da televisão mexicana.
 


Em Lazos de Amor (Laços de amor), a triz interpreta três personagens ao mesmo tempo, as trigêmeas Maria Guadalupe, Maria Fernanda e Maria Paula. A história começa quando, ainda meninas, as irmãs sofrem um terrível acidente no qual morrem seus pais, Maria Fernanda fica cega e Maria Guadalupe desaparece sem deixar rastros. Sua avó Mercedes, porém, nunca desiste de procurar a neta desaparecida que na verdade vive humildemente com Ana em um pequeno povoado sem jamais suspeitar de sua verdadeira origem. Quando Maria Paula percebe que a irmã pode estar viva e mais perto do que todos imaginam, fará de tudo para que o reencontro entre elas jamais aconteça.

Além de romper recordes de audiência a novela também foi um sucesso de crítica. Nos prêmios TVyNovelas de 1996 a novela leva 7 prêmios, incluindo as categorias principais - melhor novela, melhor atriz e melhor ator - deixando para trás grandes sucessos daquele ano como Maria do Bairro e La Dueña. Lucero ainda conquista os prêmios Heraldo, Eres, Bravo, ACE, La estrella de plata e Aplauso como melhor atriz pelo trabalho. Recentemente o portal latino do canal E! classificou Lazos de amor como a telenovela mexicana mais legendária de todos os tempos e como a sexta mais importante telenovela sem importar o país de origem – à frente de melodramas como A usurpadora, Rubí, Marimar e Maria do Bairro.

Em meio ao sucesso profissional, o ano de 1997 ficaria marcado por uma conquista pessoal. No dia 18 de janeiro Lucero se casa com o também cantor Manuel Mijares em uma cerimônia na Cidade do México no Colegio de las Vizcaínas para mais de 700 convidados. O casamento foi transmitido ao vivo pela Televisa, visto por milhares de pessoas e considerado “o casamento do século” pela mídia mexicana.

Piel de Angel, seu próximo disco, traz um conjunto de novos ritmos para o repertório romântico da artista, optando por evidenciar a doçura e sensualidade na voz de Lucero. Deste CD fazem parte os sucessos Tácticas de Guerra, Toda La Noche e Quiero. No mês de outubro é convidada para cantar para o Papa João Paulo II durante o segundo encontro mundial das famílias no estádio do Maracanã no Rio de Janeiro. Uma experiência, segundo palavras da própria Lucero, das mais emocionantes em sua vida. Em dezembro, cativa o público mexicano ao apresentar a primeira edição do Teletón no México, durante 27 horas interruptas para arrecadar fundos para os centros de reabilitação para pessoas com deficiência. Lucero fica gravada no coração dos mexicanos e torna-se símbolo do programa por lá.

Em março de 1998 lança um novo álbum ranchero, Cerca de Ti, produzido mais uma vez por Rubén Fuentes, e lançando músicas como Corazón lastimado e El milagro. Com este CD recebe um prêmio Billboard por altas vendas na América Latina e nos Estados Unidos. No dia 19 de junho de 1999 se apresenta na Plaza de Toros México para gravar seu primeiro disco ao vivo, Un Lucero En La México, com um público de mais de 40 mil pessoas. 

Anos 2000
De Mi Destino a Indispensable: a maturidade e novas experiências


Lucero inicia o novo milênio com Mi Destino, seu primeiro trabalho na Sony Music. O disco aposta em ritmos mais latinos e dançantes, produzido pelos reconhecidos profissionais internacionais: Rafael Pérez Botija, responsável pelos grandes sucessos de Lucero nos anos 90 e por cantores como José José e Rocio Durcal; Ric Wake, que já trabalhou com Mariah Carey e Celine Dion; e Jimmy Greco, que leva em seu currículo títulos de Jennifer Lopez, Gloria Gainor e Célia Cruz. Pela primeira vez, Lucero grava temas em inglês: Quiero Amor (From You) Don’t waste my time. Ao mesmo tempo protagoniza a novela Mi Destino Eres Tú, que conta com o multiestrelar elenco composto por Jaqueline Andere, Silvia Pasquel, Julio Alemán, María Sorté e Jorge Salinas.

No dia 21 de março de 2003 estreia no musical Regina - Un musical para una nación que despierta, interpretando o papel principal. Vários meses em cartaz fazem Lucero receber um prêmio como melhor atriz de teatro e chegar à marca de 100 representações. Graças à obra, Lucero pode demonstrar sua grande capacidade vocal e histriônica.

No mês de agosto de 2003 volta aos sets de filmagem para participar de um dos projetos mais ambiciosos do cinema mexicano, o filme Zapata - El Sueño Del Héroe, dando vida à personagem Esperanza Alcalá. A produção foi a mais cara do cinema mexicano até então, contava com Alejandro Fernandez, Jaime Camil e Jesus Ochoa no elenco e foi dirigida por Alfonso Arau. Vittorio Storaro foi o responsável pela direção de fotografia e conta com quatro Oscars em sua carreira, e Eugenio Zanetty foi o responsável pela direção de figurino e cenografia, tendo também já ganhando um Oscar. Porém, o resultado com a crítica e o público não foi exatamente o esperado, e os baixos valores das bilheterias fez com que a distribuidora cancelasse, inclusive, o lançamento internacional do filme.

Em 2004 lança à venda o disco Cuando Sale Um Lucero, seu primeiro trabalho na EMI Music México, um novo CD ranchero produzido novamente por Rubén Fuentes e Homero Patrón. Com as músicas Vete por donde llegaste Entre la espada y la pared alcança disco de ouro e é lançada uma edição especial com DVD e versões em remix de alguns temas.

Alborada é projeto seguinte de Lucero nas novelas. Uma história de época que se passa no começo do século XIX, na qual interpreta Maria Hipólita Diaz, ao lado de Fernando Colunga, Maria Rojo, Daniela Romo, entre outros. A produção alcança os primeiros lugares de audiência em vários países, e conquista diversos prêmios, incluindo uma edição especial do prêmio Emmy como Melhor Atriz nos Estados Unidos.

Em 2006 lança Quiereme Tal Como Soy, uma homenagem a Rafael Pérez Botija, o compositor e produtor de seus maiores sucessos. Em seguida, grava seu segundo disco ao vivo, desta vez no Auditório Nacional na Cidade do México, que conta também com um DVD. 

Em sua carreira como apresentadora, Lucero se consolida como a anfitriã do Latin Grammy Awards – a mais importante premiação da música latina – nos anos de 2006, 2007, 2009, 2010, 2011, 2012 e 2013.

No dia 20 de outubro de 2008 estreia a novela Mañana es para Siempre (Amanhã é para sempre), produzida por Nicandro Díaz. Pela primeira vez depois de Lazos de Amor, Lucero interpreta uma vilã. Bárbara Grego é uma personagem marcante, uma das favoritas dos fãs e da própria atriz. A audiência alcança os 51 pontos no último capítulo com duração especial de duas horas. Devido à grande popularidade, Procter & Gamble convida Lucero para ser a imagem e porta voz da linha de cremes e produtos de beleza Olay, com uma contrato que dura três anos, assim como do shampoo Pantene em 2011.

Em 2010 alcança mais um sucesso nas novelas. Soy Tu Dueña (A dona) é a terceira trama seguida que Lucero protagoniza com Fernando Conlunga, e novamente produzida por Nicandro Diaz. Nos Estados Unidos Soy Tu Dueña se torna a novela hispânica mais vista até então. Golondrinas Viajeras, em dueto com Joan Sebastian, e Dueña de tu Amor interpretadas por Lucero fazem parte da trilha musical da novela. 

Ao mesmo tempo lança Indispensable, que pode ser considerado seu maior sucesso nos Estados Unidos, sendo o disco melhor colocado de Lucero nas listas da Billboard. Causando polêmica desde seu lançamento em setembro de 2010, o CD marca o retorno de Lucero aos estúdios após uma pausa de 4 anos, sendo também seu retorno à música pop após 10 anos cantando música ranchera e baladas roâmticas - Mi Destino, que trazia também uma batida mais juvenil, foi lançando em 2001. Com batidas mais eletrônicas, alterações de voz no computador e uma imagem muito mais sexy, o trabalho marca uma nova etapa na carreira de Lucero, que na época de seu lançamento protagoniza a novela A Dona (Soy tu Dueña), e que pouco tempo depois anunciaria seu tão comentado divórcio do também cantor Manuel Mijares.

Anos 2010
Por Ela Sou Eva e Yo Soy El Artista: a nova Lucero

No ano seguinte explora uma nova faceta como jurada da primeira versão mexicana do sucesso The Voice, o La Voz México, que reúne como coaches Lucero, Alejandro Sanz, Alexs Syntek e Espinosa Paz.

Por ella soy Eva (Por ela sou Eva) se torna mais um desafio para a atriz. Pela primeira vez Lucero participa de uma novela cômica, com uma divertida história ao lado de Jaime Camil, Paty Navidad, Marcelo Córdoba, Jesús Ochoa e Helena Rojo.

 

 
*Para conferir as referências das informações presentes nesta página acesse Referências

© 2016 Lucero Brasil | Design by Danilo Craveiro | Powered by Página Web Grátis