Lucero Brasil

Lazos de Amor


Laços de amor - 1995


Maria Guadalupe, Maria Paula e Maria Fernanda são trigêmeas idênticas, separadas por um terrível acidente. Maria Guadalupe cresceu pensando ser a filha de Ana, mulher que na verdade a encontrou em um rio, próximo ao local do acidente automobilístico. Maria Fernanda teve que lidar com a difícil condição de estar cega, ainda assim, soube superar seu problema e viver uma vida produtiva e feliz. Caprichosa e egoísta, Maria Paula vive atormentada por um segredo que trará dramáticas consequências quando o destino decidir reunir as três irmãs novamente.
 
Um dos primeiros grandes sucessos da produtora Carla Estrada - que mais tarde trabalharia em melodramas como O privilégio de amar e Amor real - Lazos de Amor marcou a história das novelas mexicanas. Considerada pela emissora norte-americana E! como a novela mexicana mais "legendária" de todos os tempos e como a sexta novela mais marcante de todos os tempos, Lazos de Amor trouxe pela primeira vez uma mesma atriz interpretando três personagens. Reinventando a fórmula das tradicionais novelas de gêmeas, Lucero dá vida às irmãs Maria Guadalupe, Maria Fernanda e Maria Paula, de personalidades e visuais totalmente diferentes. A trama não se recheava de reviravoltas e diversas etapas, como acontece em novelas como Maria do Bairro ou Marimar, mas se desenvolvia gradualmente, acompanhando as angústias e aflições das irmãs. Sendo assim, o esperado encontro da família Rivas Iturbe com a gêmea desaparecida, Maria Guadalupe, acontece apenas nos capítulos finais.

Mesmo contando com tantos elementos que fizeram da novela um sucesso, foi o marcante final o responsável por fazer com que Lazos de amor permaneça até os dias de hoje na cabeça dos telespectadores. A memorável cena final na qual Maria Guadalupe faz o típico gesto de Maria Paula, coloca em dúvida quem de fato morrera em um incidente dias atrás: Paula, no ápice de sua loucura, sequestra as irmãs e dispara contra uma delas, não se vê, porém, qual das irmãs fora atingida. Sendo cega a única testemunha, Maria Paula teria se matado ou assassinou Maria Guadalupe e se fez passar por ela? A dúvida chamou a atenção do público, desascostumado com um final como esse para os típicos melodramas televisivos. O trabalho não só foi sucesso de público como de crítica. Nos prêmios TVyNovelas de 1996 a novela levou 7 prêmios, incluindo as categorias principais - melhor novela, melhor atriz e melhor ator - deixando para trás grandes sucessos como Maria do Bairro e La Dueña.
 
Personagens



Maria Paula Rivas Iturbe  (Lucero)
Maria Paula é insegura e caprichosa. Disposta a não dividir o amor de sua família com mais ninguém é contrária às buscas de Maria Guadalupe que sua avó Mercedes insiste em realizar, mesmo após anos do desaparecimento da neta. Assombrada pela culpa de ter ocasionado o acidente no qual seus pais morreram e a irmã desapareceu, vive atormentada por constantes pesadelos. Maria Fernanda, consciente das aflições da irmã, faz de tudo para aconselha-la a buscar tratamento, mas é constantemente agredida e desprezada por Maria Paula. Ao descobrir que Maria Guadalupe pode estar mais próxima do que todos imaginam, fará de tudo para afasta-la para sempre.



Maria Fernanda Rivas Iturbe  (Lucero)
Maria Fernanda é doce e generosa. Mesmo após ter ficado cega no acidente no qual morreram seus pais e desapereceu sua irmã, não perdeu a vontade de viver e dedica seu tempo à uma fundação que cuida de crianças e adultos cegos. Tem um relacionamento com Geraldo, o ama muito e não duvida do amor que o rapaz sente por ela, porém, muitas vezes pensa que o melhor para ele é que se afaste dela. Assim como sua avó Mercedes, sente que Maria Guadalupe está viva e que irão encontra-la. É a única que percebe a loucura cada vez mais presente de Maria Paula.



Maria Guadalupe Salas  (Lucero)
Maria Guadalupe é honesta e está sempre alegre. Viveu sua vida inteira em um povoado muito pobre com Ana, mulher a quem ama muito e que acredita ser sua mãe - sem jamais suspeitar de sua verdadeira origem. Quando Ana percebe que continuam procurando a menina perdida, decide se mudar com a filha para a capital. Lá elas vão viver na pensão da Dona Milagres, uma mulher bondosa que recebe todos seus hóspedes com muita atenção. Aos poucos, Maria Guadalupe vai se apaixonando por Nicolas enquanto fica cada vez mais perto de realizar seu grande sonho: ser cantora.
 
 
 
Mercedes Iturbe
(Marga López)
 
Eduardo Rivas 
(Otto Sigo)
 
Ana Salas
(Maty Huitrón)
 
 

Suzana Ferreira 
(Marina Karr)
 
  
Ficha Técnica

Autor

Jorge Lozano Soriano

Adaptação 
Carmen Daniels
Tere Medina

Produtora 
Carla Estrada

Direção de cena
Monica Miguel
Miguel Corcega

México
Início: 02/10/1995 
Fim: 23/02/1996  
Canal: El Canal de las Estrellas 
Horário: das 20:00 às 21:00 
Capítulos: 100
Tema musical: Lazos de Amor - Lucero 
Novela antecessora: La dueña 
Novela sucessora: Morir dos veces

Brasil
Inicio: 03/04/2006 
Fim: 07/07/2006  
Canal: SBT
Horário: 14:00 hrs
Capitulos: 70
Tema musical: Laços de Amor - Lucero
   

 Prêmios
TVyNovelas 1996
Melhor novela - Carla Estrada
Melhor atriz - Lucero
Melhor ator - Luis José Santander
Melhor primeira atriz - Marga López
Melhor ator coadjuvante - Otto Sigo
Melhor direção de câmeras - Isabel Basurto 
e Alejandro Frutos
Melhor direção de cena - Miguel Corcéga 
e Mónica Miguel

Eres 1996
Melhor atriz jovem - Lucero

El Heraldo 1996
Melhor atriz - Lucero

Bravo 1996
Melhor atriz - Lucero

Aplauso 1996
Melhor atriz - Lucero
                                                                      
#LosLazosDeAmor

Além de dar vida às três protagonistas Lucero também é a intérprete do tema principal da trama. A pegajosa Lazos de Amor foi o tema de abertura da novela, que contou ainda com músicas de outros três discos de Lucero da década de 1990. Anos depois, a contora gravou uma versão em português da canção para a exibição do folhetim pelo SBT em 2006.

 Fotos

   
   
 

© 2016 Lucero Brasil | Design by Danilo Craveiro | Powered by Página Web Grátis